Toxina Botulínica

Procedimento minimamente invasivo com botox para tratamento de bruxismo

Toxina botulinica (hipertrofia de masseter e bruxismo)

O músculo masseter tem como função a oclusão da mandíbula durante a mastigação. Por localizar-se na lateral da face, próxima ao ângulo da mandíbula, exerce grande influência no contorno mandibular. O contorno facial é fator determinante na diferenciação da beleza entre homens e mulheres. A face masculina é quadrada e composta de ângulos bem marcados, por outro lado, a face feminina tende a ser mais delicada, de formato oval ou triangular.

A hipertrofia (aumento) do músculo masseter é condição benigna, de causa desconhecida, mais comum em pessoas com idade entre 20 e 40 anos. É comum entre asiáticos e contribui para um rosto largo. Pode estar associada ao bruxismo, vícios de mascar chicletes e distúrbios na articulação temporomandibular (ATM). Essa condição pode ser responsável por um aumento firme aspecto masculino e agressivo no rosto, muito frequente nas mulheres orientais.

A toxina botulínica quando aplicada no músculo masseter age enfraquecendo-o e atenuando o contorno do terço inferior da face. Os efeitos da aplicação começam a ser percebidos após quatro semanas e duram em média nove meses.