Ginecomastia

Ginecomastia - Cirurgia plástica para redução do volume mamário em homens

Ginecomastia

É o aumento das mamas em indivíduos do sexo masculino, lembrando a silhueta feminina e trazendo transtornos psicológicos ao portador.  Esse aumento pode ser devido ao crescimento exagerado da glândula mamária e/ou da gordura da região e pode apresentar-se em diversos tamanhos e associados à flacidez de pele.

A ginecomastia é relativamente comum e ocorre em três momentos da vida: ao nascimento, devido à passagem via placentária de hormônios da mãe durante a gestação; na adolescência por desequilíbrio hormonal, sendo que a maioria regride antes de 21 anos, e na velhice. Existem outras diversas causas, como uso de medicamentos e tumores testiculares, que devem ser pesquisadas. Contudo a causa mais comum é idiopática, quando o fator provocador da patologia não é identificado.

O tratamento cirúrgico depende do grau do crescimento das mamas e da presença ou não de flacidez e envolve a retirada do excesso de glândula e de pele flácida e a lipoaspiração. As cicatrizes mais comuns são infra-areolar, peri areolar e peri areolar estendida.